myfreecopyright.com registered & protected

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A Mão Esquerda de Deus ( Paul Hoffman)

, 10








Esse livro esteve entre os que mais desejei em 2010, só que o preço estava bem salgado, mas finalmente consegui comprá-lo em uma promoção, ele rapidamente se encaixou na minha lista de leitura, ele deliberadamente furou a fila, foi um dos últimos livros que li em 2010 e um dos melhores, agora vamos ver porque gostei tanto.

O Santuário dos Redentores é um lugar lúgubre, asqueroso, austero, que transpira a disciplina e a crueldade, onde jovens garotos são treinados para se tornarem guerreiros, um treinamento rígido, que transcende qualquer tratamento humano, e a lei e a ordem nesse lugar é regida pelos redentores, em meio a este ambiente hostil se encontra um garoto chamado Tomas Cale,com cerca de 15 anos, na verdade essa foi a alcunha que ele recebeu, já que seu nome verdadeiro se perdeu no tempo.

Tomas Cale é um menino diferente, digamos que possui habilidades especiais, ele desperta a atenção de um dos redentores mais importantes, o Lorde da Guerra, o redentor Bosco, que não perde nenhuma oportunidade de espancá-lo, mas esse garoto é o único que tem um treinamento especial, ele é treinado pelo próprio Lorde.

No Santuário é expressamente proibida a amizade entre os garotos, mas Cale quebra essa regra, ele tem dois amigos, Henri Embromador e Kleist, que compactuam na transgressão de algumas regras do santuário, como se aventurar para roubar comida, afinal o que lhes é servido de alimento não é digno de um animal, enquanto os Lordes banqueteiam delícias refinadas. E em uma dessas aventuras que tudo irá mudar na vida desses três garotos, Cale se depara com uma cena aterradora, de uma crueldade que subjuga qualquer maldade que ele já tenha presenciado, e ele toma uma decisão, decisão essa que mudará sua vida, além da de seus amigos.

Eles se vêem obrigados a fugir após o acontecimento fatídico, e uma fuga de um aluno e punida com a morte, mas seu “crime” não tem uma pena mais branda, portanto esses três terão de se embrenhar por terras desconhecidas, mas serão caçados pelos redentores, e ninguém nunca conseguiu fugir da máquina de caça do santuário.

Eles irão conhecer terras inóspitas, onde terão preocupações além dos redentores, e terão de fazer as mais diferentes artimanhas para sobreviver, sua jornada não será fácil, e os redentores não descansarão até que eles sejam encontrados, afinal um futuro lúgubre aguarda Tomas Cale, pois ele é o Anjo da Morte.   

Realmente a narrativa desse livro vai além da mesmice, do normal, do comum, o autor arquiteta uma narrativa atraente, e coerente, ele emprega aventura e ação na medida correta, sem deixar de lado um romance. Em alguns momentos a narrativa pega um rumo um pouco enfadonho, mas o autor consegue reverter esse quadro. Encontrei nesse livro coisas inesperadas, o autor não se permitiu dar total atenção a Cale, ele constrói um contexto mais abrangente. Ele cria um mundo fascinante, consegue dar ritmo a trama, os personagens têm características interessantes, Tomas é um garoto de personalidade marcante, impetuoso, corajoso.

Um livro mais que indicado, vale a pena conhecer as aventuras de Tomas Cale, afinal seu papel está além de sua compreensão.

 Para aqueles que tiveram a oportunidade de ler e aguardam a continuação, uma péssima notícia, a Suma da Letras, editora do livro, anunciou que a continuação será só no primeiro semestre de 2012.





Stay Connected With Free Updates
Subscribe via Email
You Might Also Like
JOIN THE DISCUSSION

10 comments

14 de janeiro de 2011 11:51

Cara, amei sua resenha!!!

preciso deste livro, FATÃO!


bjos

14 de janeiro de 2011 12:05

fiquei desapontada agora eu crendo que a continuação seria esse ano, vou ter que espera
um eternidade para saber mais sobre Tomas.
Adorei a resenha.

Abraço

14 de janeiro de 2011 12:19

Estou louca para ler este livro!!!

http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

14 de janeiro de 2011 13:38

Quero tanto ler esse livro, ainda mais depois de ler a sua resenha. O problema é que há mais livros na lista de espera. xD

15 de janeiro de 2011 00:31

Caramba, eu ia morrer sem saber qu o original se chamava 'As Ultimas 4 Coisas'...
tenho que dizer, nunca pensei em ler esse livro, ainda mais com esse nome assustador e essa capa aterrorizante!
Sua resenha ta otima, me deixou curiosa... Mas tenho um meedo dessas coisas....rs
bjs
♥ Evellyn - heyevellyn.blogspot.com

15 de janeiro de 2011 13:39

Man, esse livro parece ser muito bom. Adorei a resenha! Agora fiquei com vontade de ler. Mas é um saco ter que esperando tanto tempo pra poder ler o segundo volume :/
Beijos, Vanessa

15 de janeiro de 2011 14:58

Oi! Passando para parabenizar por está participando do book tour da Undeworld!
tOU TE SEGUINDO TBM! Não conhecia seu blog.

Ah! Curti sua resenha.
beijos

15 de janeiro de 2011 17:09

Ei Juan,

Tbm gostei muito deste livro, pena mesmo que a continuação vai demorar tanto, estou ansiosa.

bjo

15 de janeiro de 2011 23:16

Heyy gostei da resenha, tenho vontade de ler faz um tempo tb, mas como a lista está um pouco enorme esse vai ter q esperar!!

E alias o real motivo da visita era p/ parabenizar pela parceria do book tour da Undeworld e por ter ficado justo no meu grupo haha

bj;*

17 de janeiro de 2011 08:54

ei Juan, esse livro parece ser muito bom, essa capa é demais.
Ainda pretendo ler ele esse ano e espero gostar bastante. ^^
beijos.